Os ataques DDoS ou ataque distribuído de negação de serviço são muito conhecidos por incomodar as suas vítimas, pois causam uma sobrecarga de recursos no servidor ou qualquer que seja a vítima, e podem fazer o sistema reiniciar ou até mesmo ficar travado.

O ataque consiste em uma máquina “Mestre” que pode estar sobre o controle de milhares de máquinas “Zumbis” (Computadores infectados pelo mestre), e em determinado momento todas essas máquinas zumbis são ordenadas pelo mestre a fazerem requisições em um servidor web por exemplo, e como o servidor só pode atender um determinado número de usuários ao mesmo tempo acaba se sobrecarregando.

Sobrecarregar o seu servidor realmente é um incômodo mas bem pouco prejudicial se comparado com outros tipos de ataques que acontecem pela internet, mas os ataques DDoS evoluíram e estão sendo utilizados para fins mais perversos.

Mais perigoso e mais frequente

Segundo o último relatório de segurança da Neustar cerca de um a cada três ataques DDoS são utilizados para colocar Malwares ou Vírus nos sistemas empresariais, e aproximadamente 40% dos ataques bem sucedidos resultam em roubo de dados. Parece que a ideia agora é utilizar o ataque DDoS como se fosse uma cortina de fumaça para roubar informações.

Também foi relatado que após a mudança de objetivo por trás do ataque DDoS, aumentou ainda mais a frequência com que ocorrem, e cerca da metade das empresas da América do Norte, Europa, Oriente Médio e África estão sofrendo com ataques DDoS.

Cerca de 750 empresas foram analisadas pela Neustar e mais da metade relataram ter sofrido pelo menos um ataque DDoS, e dessas empresas que foram afetadas um pouco mais da metade sofreram ataques pelo menos 6 vezes.

Como posso me proteger de um ataque DDoS?

Existem dispositivos de rede que oferecem uma boa medida de proteção contra este tipo de ataque, mas ainda assim eles podem ser sobrecarregados, isso se deve ao fato de ser um hardware que está lhe protegendo e como todo hardware, ele tem um limite.

Existem também soluções em nuvem que podem lhe proteger deste tipo de ataque como o CloudFlare oferecido pela SAN, mas vale lembrar que esse tipo de serviço deve ser acompanhado por especialistas, assim é possível garantir que o tráfego esteja sendo limpo e não eliminado.

Como já dizia o velho ditado “Segurança nunca é demais“, então é sempre bom você se adiantar e não correr o risco de ter seus dados violados. Se o artigo lhe ajudou a entender um pouco mais sobre o Ataque DDoS deixe seu comentário logo abaixo, é muito importante para nós saber a sua opinião sobre o assunto.

Se você gostou deste conteúdo, peço que ajude mais pessoas a se proteger de um ataque DDoS, compartilhando este artigo com seus amigos.

Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, por favor deixe seu comentário que terei o prazer de conversar com você a respeito.