O que muda com as novas regras do licenciamento cPanel?

O que muda com as novas regras do licenciamento cPanel?

O principal ponto da mudança foi tornar os valores variados, levando em consideração o número de contas existentes em um servidor ou instância que usam uma hospedagem cPanel.

O que é o cPanel?

O cPanel é um painel de controle para gerenciamento de hospedagens. Ele está presente há mais de 20 anos no mercado e desenvolveu diversas parcerias, o que fez com que concentrasse uma grande parcela da gestão de hospedagem de sites no mundo.

Empresas de todos os portes e de vários lugares do mundo, utilizam o cPanel, seja para gerenciar seu próprio site ou ainda para revender sites oferecendo aos seus clientes o cPanel como ferramenta para que esses realizem inúmeros processos necessários para a gestão do seu site.

O que aconteceu com o Licenciamento cPanel?

Hoje a cPanel está sediada em Houston-TX, nos EUA e seu painel de controle atende mais de 70 milhões de sites no mundo, atuando em 73 países.

Até Setembro/19, os preços de uma licença cPanel instalada em um servidor ou em uma instância cloud variavam de US$15 a US$45/mês e esse valor nunca considerou a quantidade de contas que eram hospedadas, ou seja, a quantidade de sites que o cPanel administrava.

Com esse preço, a maior parte das empresas ou revendas de hospedagem não repassava para seus clientes o custo do licenciamento, já que era absorvido em rateio por todas as contas hospedadas em um servidor/instância.

Contudo, em junho de 2019, foram anunciadas algumas alterações no licenciamento. Neste post contarei mais sobre o que aconteceu, o que mudou e os impactos para os clientes da SAN.

Qual a principal mudança no licenciamento cPanel?

O comunicado oficial da companhia enviado em 27 de junho de 2019 anunciou que os preços e o formato do licenciamento cPanel mudaria em 01 de Setembro de 2019.

O principal ponto da mudança foi tornar os valores variados, levando em consideração o número de contas existentes em um servidor ou instância que usam uma hospedagem cPanel. A mudança atingiu milhares de empresas de hospedagem ao redor do mundo, afetando não só elas, quanto seus clientes.

Ou seja, a partir dessa data, o custo do licenciamento seria aplicado ao provedor da hospedagem ou empresa dona do site de acordo com o número de contas cPanel que ele possuísse em cada servidor ou instância cloud. A drástica mudança pode aumentar o custo de licenciamento do cPanel para um único servidor de US$45 para centenas de dólares. Os aumentos nos custos podem ultrapassar os 500%.

Em entrevista ao OlharDigital o Diretor Financeiro da AbraHosting (Associação Brasileira das Empresas de Infraestrutura de Hospedagem na Internet), previu que não haverá como os provedores associados não repassarem os custos para seus clientes.

O mercado de hosting que ao longo dos anos vinha sofrendo apenas reduções de custo graças ao desenvolvimento de novas tecnologias tem agora o seu primeiro ajuste de custos. O aumento de custo afetará empresas de todo o mundo e será proporcional ao tamanho das suas carteiras de clientes não sendo improvável que seja subsidiado pelos provedores.

Outra consequência direta, é que o valor é variável, pois o número de contas pode mudar de um mês para o outro. Com isso, manter contas de clientes inativos, passou a ser ainda mais custoso e até pode ter que se pagar por uma simples conta de testes.

Como fica o licenciamento do cPanel para clientes SAN?

Ao sermos alertados pela cPanel da mudança em seu modelo de cobrança de licenças, a SAN iniciou a preparação para a mudança criando softwares para ajudar nossas milhares de revendas e clientes a identificarem quais os modelos mais adequados para o seu caso.

Até o dia 31/12/2019 decidimos subsidiar os custos do novo modelo até que todos os clientes consigam adaptar-se e adequar-se ao novo modelo. Durante o mês de Dezembro/19 todos os clientes serão comunicados sobre as mudanças e a melhor alternativa para cada caso.

Como a mudança trata do licenciamento controlado diretamente pelo fabricante e foi realizada em caráter global, não haverá como negociar reduções no custo de licenças.

Os clientes de Cloud Revenda e Cloud Server que utilizam cPanel serão os primeiros afetados com o ajuste, por isso tomamos medidas especiais para ajuda-los a reduzir o impacto das mudanças, entre elas:

  • A SAN analisou cada serviço e o total de contas de cada revenda de hospedagem e gerou um relatório que foi enviado por ticket para sua conta apontando o total de contas ativas/suspensas na sua revenda. Indicamos também qual a configuração indicada para otimizar o licenciamento para esse número de contas;
  • Mesmo assim, se você tem dúvidas sobre os planos ou qual se adequa a sua atual condição como revendedor, não hesite e entre em contato conosco via abertura de Ticket no suporte. Nossa equipe estará a sua disposição para realizar o enquadramento que for mais adequado às suas necessidades;

Aproveito esse post para falar também para todos os empreendedores que desejam contratar uma Revenda de Hospedagem, alertando para os principais cuidados que você deverá ter quando considerar o licenciamento cPanel:

  • Se antes um revendedor de hospedagem podia contratar um plano com uma margem de crescimento, baseando-se apenas no espaço em disco utilizado, agora também deve prestar atenção no número de contas que cada plano permite criar;
  • O modelo que constituímos prevê valores fixos mensais e assim, você não tem que preocupar-se com variações mensais na sua fatura, se o número de contas que você criou ou removeu ao longo de um mês, for mantido dentro do número de contas que cada plano comporta. À medida que você cresce, também deverá contratar um licenciamento maior painel cPanel;
  • Evite criar sem necessidade ou contas de teste, particularmente se isso refletir-se em mudança de plano ou a necessidade de contratação de pacotes de contas cPanel adicionais;
  • Domínios adicionais e subdomínios dentro de uma mesma conta do cPanel, não são contabilizadas. Sendo assim, se dentro de uma conta do cPanel há 5, 10, ou mais domínios adicionais ou subdomínios, contam apenas como uma conta cPanel;
  • Nossos planos foram pensados de modo a não frear o crescimento das empresas que operam com revenda de hospedagem. A mudança para planos superiores, é feita de forma rápida e descomplicada no APP da SAN.

Se você é cliente da SAN e ainda tem dúvidas, contate a nossa equipe de suporte.

Um grande abraço.

Luciano Teixeira – CEO da SAN

AWS Azure Google Cloud
Próximo:

AWS vs. Azure vs. Google: Comparação na nuvem

AWS vs. Azure vs. Google: Comparação na nuvem