Prepare-se para vender mais na Black Friday 2020

Prepare-se para vender mais na Black Friday 2020

A Black Friday 2020 promete, apesar do COVID-19.

A data já se consolidou como um grande momento de compras para os brasileiros. Em 2019, inclusive, ela “roubou” vendas de dezembro, fazendo com que o varejo brasileiro tivesse o melhor novembro desde o ano 2000.

Em 2019, mais de 400 mil brasileiros utilizaram a internet, pela primeira vez, para comprar algum item na Black Friday. Se no ano anterior quase meio milhão de pessoas fizeram compras online nesta data, imagine depois de toda inclusão digital que a pandemia e o isolamento social trouxeram como esse número pode crescer em 2020.

Segundo o relatório do Webshoppers, o setor de e-commerce teve no primeiro semestre de 2020 o recorde de faturamento em 20 anos. Isso significa que a data será mais digital do que nunca.

Com o crescimento do e-commerce acelerado pela pandemia do COVID-19 e da competição no mundo virtual pela chegada de muitos novos competidores, é hora de você se preparar para vender mais.

A Black Friday é uma data muito esperada pelos dois lados da cadeia. Enquanto o varejo se prepara para dar conta da alta demanda, os consumidores também se organizam para fazer suas compras

Samantha Schwarz, Gerente executiva de B2C da Infracommerce

Então vamos falar abaixo de tópicos importantes para que você esteja preparado, e consiga vencer nessa data de vendas!


Prepare a infraestrutura para o aumento de tráfego

Certifique-se, junto ao seu serviço de hospedagem, que o seu plano contratado suporta uma boa carga de visitas. Um “upgrade” temporário dos recursos do seu site vão deixar sua loja mais robusta para esperar os visitantes.

Considere se você fará campanhas patrocinadas nas redes sociais ou ainda outras iniciativas para atrair tráfego.

Se você tem produtos que estarão com preços irrecusáveis, fique atento.


Prepare seu estoque

Não adianta você criar campanhas, atrair tráfego e público para sua loja se você não estiver com o estoque adequado. Se você vai mover montanhas, esteja preparado para vender bastante!

Uma boa estratégia é mapear as saídas de mercadorias de seu e-commerce. Com esse levantamento, você terá mais chances de acertar quais produtos tendem a ser mais requisitados.

Procure seus fornecedores e proponha acordos especiais para essa data. Negocie descontos, consignações e outras opções para garantir que você não diga “não” ao seu cliente. Entregar um não, por falta de estoque, pode ser um grande erro.

Controle de Estoque

Crie promoções reais

Quando a Black Friday surgiu no Brasil, muitos maquiaram os preços para parecerem menores durante o evento. Agora cada vez mais as pessoas estão atentas a este esquema e ao que é realmente um bom desconto.

Aproveite a confiança das pessoas e seja confiável!

Faça promoções reais onde as pessoas percebem que você está entregando um benefício verdadeiro. Isso ajudará as repostagens nas redes sociais e impulsionará seu público.

Confie que seus clientes divulgarão as ofertas. Planeje-se bem para poder trazer grandes benefícios para eles!

Veja também: 10 vantagens que sua loja está perdendo ao não usar cupons de desconto


Fique atento ao prazo de entrega

É preciso entender que o cliente pode nunca mais voltar para sua loja virtual caso não fique satisfeito com o serviço prestado.

A logística é um fator decisivo e merece atenção especial. Cumpra os prazos!

Se a previsão de aumento de volume é muito grande e isso afetará seus prazos, diga que terá prazos especiais para a Black Friday. O cliente precisa saber exatamente o que esperar para não ser surpreendido.

Uma vez que muitas empresas atrasam o envio dos produtos nessa época, você seguindo a data estabelecida já estará à frente da concorrência.

Isso resulta em um cliente feliz e querendo viver novas experiências com você!

Carrinho de Compras

Calcule bem os descontos

Oferecer descontos exige um bom planejamento financeiro, mas isso vai além na Black Friday 2020. Com a situação da pandemia, o dólar subiu e não tem indícios de baixar tão cedo, o que impacta diretamente os valores de diversos tipos de produtos.

Saber formar preço de venda é uma obrigação para todo o comerciante. Se você não domina esse assunto, busque informação na Internet para não dar descontos além da sua possibilidade.

Lembre-se que muito do que for vendido deverá ser reposto, por isso fique atento à formação do preço e dos descontos.


Invista em divulgação

Divulgar a Black Friday é uma das formas de tornar a sua loja ou marca conhecidas.

Uma boa aposta é planejar ações de remarketing para pessoas que já compraram em sua loja virtual. Vender para quem já é cliente é mais fácil e barato, inclusive na Black Friday.

Já para os novos consumidores, a dica é investir na divulgação do seu principal produto, com descontos super agressivos.

Faça campanhas e divulgue as promoções que criou. A concorrência esse ano estará maior, então fique atento a todas as possibilidades de marketing e remarketing já que os consumidores tendem a pesquisar bastante por pechinchas.

Veja também: Instagram para e-commerce: como usar essa rede social para vender na Black Friday


Atenção com as fraudes

Com um grande fluxo de pessoas e vendas, vem junto uma grande oportunidade para quem quer fraudar o sistema. Por isso, fique mais atento ainda à todas as transações realizadas na sua loja.

Compra Online

Um bom SSL e um bom sistema de antifraude para seu site ajudam bastante nessas horas e podem garantir o seu sono à noite.


E você? Já começou a falar sobre a Black Friday em seu site?

Espero que façamos juntos dessa a melhor Black Friday de todas!

Boas vendas 😉

SSL 2 Anos
Próximo:

Extinção dos Certificados SSL com validade de 2 Anos

Extinção dos Certificados SSL com validade de 2 Anos