A quantidade de sites e lojas virtuais vem crescendo em grande escala nos últimos anos, trazendo uma grande variedade de produtos e a comodidade de poder comprar de qualquer lugar.

Porém com uma quantidade maior de site é comum que o número de sites infectados também cresça, trazendo risco para os internautas que muitas vezes não se dão conta do risco que estão correndo.

Mas como é possível infectar um site? Bem, existe um programa de código malicioso chamado Malware, e o principal método usado para infectar um site é injetando esse Malware dentro dele.

O Google desde 2013 vem alertando à todos como ocorre esta situação desagradável, e de como remover malware do seu site. Entenda como seu site pode estar em risco com o vídeo abaixo:

Esse tipo de programa é inserido através de uma vulnerabilidade encontrada no site, e com o seu site infectado os hackers podem danificá-lo, ou ainda usá-lo para infectar outras pessoas.

Se você navega na internet com o Google Chrome e tenta acessar um site com Malware, o navegador exibe uma mensagem indicando que não é seguro seguir adiante. Isso porque todos os sites indexados no Google passam por uma verificação de segurança.

Representação da mensagem exibida pelo Google Chrome:

Quais são as consequências?

Ter um site com Malware pode trazer consequências terríveis, principalmente se você tem um site de vendas (e-commerce) com muitos clientes cadastrados.

Com o site infectado todas as pessoas que confiaram informações pessoais a você correm o risco de serem expostas, ou pior, que suas informações sejam usadas para ações mal-intencionadas.

Existe ainda um grande problema relacionado aos motores de busca como Google, Bing e Yahoo. Antes dos resultados de busca serem exibidos, é feita uma verificação para ver se o site não está em uma Blacklist (lista negra) global de Malware.

Caso seu site esteja em uma lista negra, suas páginas não aparecem mais nos resultados de busca e sua reputação começa a cair rapidamente. Com a reputação do site em baixa, seus acessos e vendas diminuem drasticamente.

Como posso me prevenir de ter um site com Malware?

Em um passado próximo se seu site fosse infectado por um Malware ou Vírus você teria uma grande dor de cabeça, pois precisaria inspecionar todo o código fonte manualmente para identificar aonde a ameaça está afim de eliminá-la.

Atualmente existem serviços como o SiteLock que fazem todo o trabalho de encontrar, remover e prevenir que algum Malware seja injetado no seu site, assim você pode se dedicar apenas aquilo que realmente interessa, vender!

O SiteLock trabalha de modo autônomo, sem a necessidade de intervenção do usuário, e você recebe uma notificação por e-mail sempre que for detectada alguma ameaça na página.

Você ainda tem acesso a um painel de controle e pode verificar tudo que acontece no seu site, com relatórios completos de todas as verificações feitas: diária, semanal e mensal.

Além de toda a segurança você recebe um selo de confiança que confirma informações importantes sobre seu negócio, como nome da empresa, domínio e telefone em tempo real.

O selo também apresenta a data da última verificação feita pela SiteLock, mostrando que seu site está livre de Malware. Esse tipo de selo transmite muito mais credibilidade ao visitante, aumentando as chances de efetuar uma compra.

Saiba mais sobre os perigos da internet e como pode se prevenir clicando aqui.

Se você gostou deste conteúdo, peço que ajude mais pessoas a se prevenir dos Malwares, compartilhando este artigo com seus amigos.

Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, por favor deixe seu comentário que terei o prazer de conversar com você a respeito.