Estar presente na internet é uma ótima forma de aumentar o tráfego em seu site. Estar em busca de novas formas para ganhar visibilidade é essencial para aumentar o número de vendas.

No Brasil, a pesquisa por preços é uma prática necessária, todos que compram estão a procura do melhor custo benefício. Por conta disso, diversas plataformas de comparação de preço foram criadas para suprir essa necessidade.

É claro que o Google não ficou de fora, em 2011 foi lançado o Google Shopping.

Para o consumidor, essa nova funcionalidade facilitou a consulta por preços em diferentes lojas, pois tudo está a vista do usuário quando é feita a busca.

E os vendedores têm a vantagem de estar mais presente nos resultados de buscas de clientes em potencial.

O que é o Google Shopping?

Basicamente é um espaço dedicado aos resultados de pesquisas do Google que tem relação aos produtos das lojas cadastradas na plataforma.

Assim como um marketplace, o Google Shopping seria uma espécie de vitrine virtual integrada ao buscador.

Os resultados podem aparecer logo nos primeiros resultados de pesquisa ou na própria página do Google Shopping.

Quais as funcionalidades?

Quando você cadastra sua loja e seus produtos impulsiona a divulgação, o Google Shopping irá mostrá-los em destaque nos primeiros resultados da pesquisa ou em sua lateral direita.

Podemos fazer um teste prático, pesquise por um produto, como “notebook” por exemplo:

Veja que ele é um dos primeiros resultados, vindo antes até dos links patrocinados. E ainda chamando mais atenção, destacando os produtos com fotos, preço e a loja que está vendendo.

Clicando em “Resultados no Google Shopping para notebook” ou acessar o menu “Shopping” abaixo do campo de busca, uma nova página mais completa se abrirá.

Nessa página os usuários podem fazer buscas segmentadas de acordo com os itens novos, pelo preço, categoria, marca, entre outros filtros.

Como fazer parte do Google Shopping?

Para anunciar nesse ambiente é preciso pagar uma certa quantia ao Google.

Para inscrever sua loja Magento é preciso criar uma conta no Google Merchant Center e integrar com o seu cadastro no Google Adwords.

Qualquer dúvida você pode seguir o Guia de introdução do Google Merchant.

Será por meio do Adwords que você vai configurar sua campanha, definir os valores da publicidade e o seu orçamento.

Divulgação

Falando em publicidade, a “divulgação” dos produtos não é feita definindo palavras-chave como no Adwords, mas sim pelas características dos produtos cadastrados.

Recomenda-se que detalhe bem as informações do produto que você for anunciar no Google Shopping.

Alguns dos atributos que você precisa preencher para uma boa descrição do produto são os seguintes:

  • Nome do produto;
  • Descrição;
  • Página de destino na loja;
  • Link das imagens principais e adicionais;
  • Quantidade de produtos;
  • O período de exibição do produto;
  • Preço de promoção;
  • Número de parcelas;
  • Dimensões e medidas;
  • Categoria do produto segundo o Google;
  • Nome da marca, modelo e afins;
  • Entre outras informações disponíveis na central de ajuda do Google Merchant Center.

Se você quer adicionar vários produtos no Google Shopping você tem a possibilidade de fazer isso por meio de um arquivo XML que tornará o processo de cadastro dos produtos mais eficiente.

Porém para exportar seus produtos via XML o Google tem certos campos obrigatórios para as categorias que devem ser nomeados da maneira correta para funcionar.

Por que usar o Google Shopping?

Existem diversas vantagens em ter seus produtos cadastrados no Google Shopping. Porém gerar visibilidade, tráfego e conversões são os seus pontos fortes. Fazem parte das outras vantagens:

Mais presença nos resultados de pesquisa

Um dos grandes e talvez o principal benefício do Google Shopping é que os seus anúncios podem dividir espaço com os links patrocinados e orgânicos da sua loja Magento. Possibilitando mais rotas de tráfego para o seu site.

Aumenta o número de acessos na sua loja Magento

Os primeiros resultados dos motores de busca geralmente são os mais clicados e como os produtos do Google Shopping são os primeiros a aparecerem nas buscas, se torna uma grande vantagem.

Fora que não apenas o link do produto estará aparente, mas sim uma imagem em destaque, o preço e a loja do vendedor. Que chama muito mais atenção do que apenas um simples link.

Maior número de Conversões

É comum que uma loja com um grande números de acesso gere mais conversões.

Se uma loja tem muitos acessos, mas tem poucas vendas, isso pode ser por conta de alguma característica própria da empresa.

Aumentar as conversões é um processo que demanda tempo e mão de obra, mas vale a pena o investimento.

Monitoramento Google Shopping

O Google Shopping possui uma própria análise de desempenho dos produtos cadastrados.

Nesta análise é apresentada a quantidade de cliques e de conversões em categorias de produtos, características técnicas, marcas, modelos, etc…

É possível tirar insights para o seu negócio a partir de um levantamento de informações de performance de concorrentes.

O Google Shopping é uma vantagem tanto para os compradores quanto para os vendedores. Enquanto os consumidores têm o resultado aprimorado do que eles precisam, os comerciantes têm mais chances de vender seus produtos e se destacar no mercado.

Integrar o Magento no Google Shopping

Uma forma simples e prática de integrar seus produtos da sua loja Magento no Google Shopping é por meio da extensão Product Feed da Amasty.

A Amasty é uma desenvolvedora Premier do Magento, é uma forte contribuinte para a comunidade e possui diversas outras ferramentas no Magento Marketplace.

Com essa ferramenta você pode criar e gerenciar feeds de produtos para o Google Shopping, Nextag, Bing, anúncios da Amazon e muitos outros motores comparação de compras.

Se gostou deste conteúdo compartilhe com sua rede de contato para gerar mais credibilidade para seu perfil.

Tem alguma dúvida, preocupação ou ideia? Por favor, deixe nos comentários, será um prazer conversar com você.

Até a próxima!