Estruturar site na web com eficiência, requer utilizar uma boa hospedagem, configurar uma DNS (Sistema de Nome de Domínio) e oferecer serviços de otimização e proteção. 

Entre eles, podemos destacar o Cloudflare, o que é uma excelente opção para proporcionar aos usuários uma boa experiência na página, especialmente no quesito carregamento e velocidade. Tais fatores são indispensáveis para fazer um visitante retornar ao seu site.

Além disso, uma página bem estruturada também deve oferecer suporte em segurança, a fim de proteger o negócio e quem as acessa. Assim, o Cloudflare garante uma infraestrutura leve, ágil e protegida. 

Quer entender como essa aplicação funciona? Continue acompanhando o conteúdo a seguir e confira! 

O que é cloudflare?

Originalmente, o Cloudflare atua como um serviço de CDN (Rede de Distribuição de Conteúdo) para todos os tipos de páginas. Essa solução funciona como um modelo de replicador de servidor. 

Dessa forma, as páginas são carregadas mais rapidamente, independentemente do local em que o usuário está. Contudo, a fim de ganhar mais competitividade, o Cloudflare se transformou em um pacote de serviços.

Garantir a proteção das informações da página e dos dados compartilhados pelos visitantes é sempre uma prioridade. Por isso, o Cloudflare apresenta recursos que mantém os sites seguros, por meio de mecanismos e protocolos básicos fundamentais.

Entretanto, antes de começar a utilizar essa solução, você deve compreender a fundo as necessidades da sua empresa, bem como seus impactos na web. Quanto maior for o nível de acessos e alcance, mais robusto o pacote contratado terá que ser. 

Para que serve o cloudflare?

cloudflare o que é para que serve

Com tantas funcionalidades e serviços oferecidos, muitos podem ficar confusos quanto a utilidade real do Cloudflare. 

Foi somente há pouco tempo que organizações que vendiam serviços para a web, perceberam que não é mais sustentável se manter com apenas um produto principal. 

Para você entender melhor, saiba que as hospedagens já oferecem muito mais do que somente a infraestrutura de um site atualmente. Nesse contexto, o Cloudflare aprendeu a expandir suas funções, para atender a diferentes necessidades do mercado.

Serviço de proteção

Proteger uma página contra ataques maliciosos é crucial, ainda mais para empresas que lidam com um grande volume de dados de usuários, como os e-commerces.

Tais ambientes são perfeitos para cibercriminosos que desejam roubar informações sensíveis dos consumidores, com o intuito de realizar transações indevidas. 

Nesse caso, a página em questão é sobrecarregada com solicitações em níveis que não consegue lidar. Essa quantidade de requisições preenche o servidor, até que ele fique inativo. 

Feito isso, os criminosos conseguem invadir o banco de dados do site e, assim, tomar posse de informações sigilosas. 

Para evitar essa ação, o Cloudflare identifica qualquer atividade incomum, assim que ela é iniciada, como uma quantidade discrepante de requisições. Com isso, a solução bloqueia a atividade, protegendo o servidor e evitando que ele se sobrecarregue.

CDN

Como dissemos logo acima, o CDN é um tipo de replicador de servidor principal, sendo o ponto de partida do Cloudflare. E isso pode ser feito de qualquer lugar do globo.

Imagine que sua página está hospedada no Brasil, mas seu negócio possui clientes pela Europa. Com o CDN, a experiência desses usuários será tão satisfatória quanto a dos visitantes brasileiros.

Na prática, o CDN soluciona problemas de latência, que, nesse caso, consiste no tempo de resposta maior dos servidores localizados longe do usuário.

Dessa maneira, ele espelha o servidor para inúmeros locais, a fim de garantir que os visitantes do mundo tenham a mesma velocidade de uso daqueles que se encontram na mesma região do servidor.

Recursos de otimização

Mesmo que servidores nacionais não sejam acessados por usuários de outras regiões do planeta, o Cloudflare pode ser um importante aliado. Afinal, ele atua na otimização da página, oferecendo uma navegação segura, limpa e dinâmica para todos os visitantes.

Como o Cloudflare funciona no suporte ao servidor?

cloudflare o que é como funciona

Agora que você já entendeu o que é cloudflare, vamos falar sobre seu funcionamento no suporte ao servidor. 

Ele funciona como um sistema completo de suporte ao servidor, oferecendo maior potência e estabilidade de alcance durante os acessos ao site. 

Seus serviços funcionam como um tipo de ponte entre a hospedagem original, o servidor e o usuário. Assim, o Cloudflare proporciona desde serviços de CDN até proteção contra invasões.

Para que todos esses serviços funcionem corretamente, o Cloudflare realiza uma triagem de todas as requisições feitas pelo servidor. Com isso, ele replica a rede e potencializa as conexões, além de evitar a sobrecarga devido a ciberataques. 

Para quem é indicado o uso do cloudflare?

Não existem limitações quanto ao uso do Cloudflare na hospedagem de uma página. Contudo, é importante destacar algumas recomendações. 

Primeiramente, qualquer empresa que deseje atualizar e aprimorar o alcance de seu servidor, melhorando a proteção e o carregamento das páginas, deve utilizar a solução. Isso porque, trata-se de uma grande aliada para entregar serviços e qualidade ao usuário. 

Entretanto, o Cloudflare funcionará perfeitamente em sites construídos do zero, especialmente na linguagem JavaScript e que possuam hospedagem à parte, como o Blogger. 

Nesse aspecto, não é indicado para sites com hospedagem própria e que estejam em construção. 

Vantagens da utilização do cloudflare

cloudflare o que é vantagens

Utilizar o Cloudflare garante ao negócio as vantagens técnicas fundamentais para que um site funcione com eficiência e se mantenha disponível aos visitantes. 

Assim, suas vantagens também geram ganhos positivos para o desenvolvimento da organização e para a gestão da página em questão. 

Conheça os principais benefícios que o Cloudflare pode te oferecer!

Redução de gasto com infraestrutura

Depois de aprender sobre o que é Cloudflare, ficou claro que se trata de uma solução de pacote de serviços para sites empresariais. 

Quando a empresa contrata um pacote adequado às suas necessidades, há uma redução nos gastos com infraestrutura do servidor de hospedagem. 

Isso porque, a solução diminui a utilização dos recursos no servidor, adiando a necessidade de upgrades e contratação de serviços extras.

Visibilidade de informações do site

Outra vantagem que vale destacar é a facilidade em visualizar as informações de acesso a página. Pode-se enxergar comportamentos específicos dos usuários e criar regras para contornar situações específicas.

Também vale a pena mencionar que, inicialmente, o Cloudflare funcionava como um serviço exclusivo de proteção e segurança. 

Seus recursos atuais foram adicionados com o passar do tempo, conforme a evolução da tecnologia e as mudanças nas necessidades dos usuários. 

Aumento da segurança e proteção dos sites

Apesar de não ser mais o único recurso, a segurança e proteção de sites ainda é o principal serviço do Cloudflare. Sua vasta rede é capaz de analisar o tráfego de informações automaticamente, bloqueando atividades maliciosas para roubar dados sigilosos.

O Cloudflare protege sua rede, por exemplo, contra ataques DoS (Negação de Serviço). Assim que é detectado que a rede está sob ataque, o cliente consegue ativar a proteção com apenas um clique no painel de controle. 

Adequação a LGPD

Todas as empresas devem se adequar à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Afinal, as informações sensíveis dos usuários precisam ser tratadas com responsabilidade e segurança, que inclui boas práticas e uma infraestrutura protegida. 

Isso é exatamente o que o Cloudflare consegue oferecer, por meio de seus recursos de proteção e com os certificados SSL emitidos para os sites.

Sempre que a solução filtra os acessos, ocorre uma redução considerável no risco de contato com bots e softwares maliciosos. Isso ajuda a manter as informações seguras. 

Caso contrário, a página pode acabar divulgando dados confidenciais dos usuários, desrespeitando os termos da LGPD. 

Velocidade

Uma experiência de navegação positiva em qualquer página inclui velocidade. Por isso, é indispensável que haja a preocupação com o desempenho dos sites, independentemente de onde o usuário o acessa. 

Nesse contexto, o Cloudflare é a solução ideal, graças aos seus recursos de CDN. São mais de 150 data centers poderosos, espalhados pelo globo, criando pontos de espelhamento do servidor principal de uma página. 

Então, o visitante poderá acessar seu site sem engasgos e travamentos, não importa onde esteja.

Como configurar o Cloudflare em um site?

cloudflare o que é como configurar

Entendeu o que é Cloudflare e resolveu implementá-lo? Sua configuração básica é bem simples e não requer conhecimentos técnicos específicos ou edições de códigos. Acompanhe a seguir.

Crie uma conta na plataforma

Primeiramente, você deve criar uma conta gratuita na plataforma. Acesse o Cloudflare, clique em “Inscreva-se” e preencha o formulário com as informações solicitadas. Em seguida, clique em “Criar Conta”.

Na tela seguinte, escreva o domínio da página que deseja configurar, como minhapagina.com.br.

Escolha o plano desejado

Feito isso, é chegado o momento de escolher o seu plano. Para te mostrar como a configuração funciona, vamos nos basear na versão gratuita. Além disso, recomendamos essa opção para o primeiro acesso na plataforma.

O plano gratuito confere os mesmos recursos de segurança e melhorias de desempenho. Caso precise de serviços extras, é sempre possível migrar de pacote posteriormente. São eles:

  • plano Grátis: oferece proteção contra DDoS e conta com CDN, certificado SSL e 3 page rules;
  • plano Pro: custa U$$ 20/mês e inclui todos os recursos do plano gratuito, além de firewall para aplicativos web, otimização de imagens e dispositivos móveis e 20 page rules;
  • plano Business: custa U$$ 200/mês e engloba tudo o que o plano Pro oferece, além de regras personalizadas para apps web e certificado SSL, Railgun (entrega acelerada de conteúdo dinâmico), suporte prioritário para e-mail e 50 page rules;
  • plano Enterprise: não possui valor definido, pois oferece todos os recursos do plano Business, além de suporte prioritário por chat, e-mail e telefone, regras de reembolso, 100 page rules e outros recursos personalizados. 

Revise as entradas DNS

Depois de selecionar o plano grátis, revise as entradas de DNS identificadas pelo Cloudflare automaticamente. Você também pode acrescentar outras entradas ou definir se um subdomínio passará ou não pela solução. 

Quando um endereço passa pelo Cloudflare, é possível visualizar um símbolo de nuvem alaranjado. Caso contrário, o ícone ficará cinza, indicando que o endereço está passando direto para o servidor de hospedagem.

No geral, é recomendável que, pelo menos, o domínio principal passe pelo Cloudflare. Outras entradas, como endereço FTP, podem ir direto para o servidor. 

A boa notícia é que, caso não queira ou não saiba como selecionar isso, a plataforma sugere automaticamente quais entradas devem ou não passar pela Cloudflare. Depois da revisão, clique no botão  “Continuar”.

Verifique os nameservers

Na próxima tela, você consegue visualizar os nameservers, ou seja, as entradas DNS para as quais seu domínio será redirecionado. Ao fim da configuração, acesse o painel da empresa na qual seu domínio foi registrado. 

Altere os valores indicados de DNS pelos apresentados na Cloudflare. Com essa mudança, o tráfego será direcionado para os data centers da Cloudflare em vez do servidor de hospedagem.

Em geral, uma mudança de DNS leva até 72 horas para se propagar na Internet. Entretanto, como o servidor continua operando normalmente, sua página não ficará fora do ar em momento algum.

Consulte o status do DNS

Depois de fazer os apontamentos de DNS, clique em “Continuar” para ir ao painel de controle da plataforma. A nova tela exibe o status do DNS.

Caso a mudança ainda não tenha se propagado, o status indicará que as alterações ainda não foram identificadas. Em média, o Cloudflare demora 24 horas para detectar as mudanças no DNS.

Assim que o sistema reconhecer que o DNS está direcionando os domínios para os servidores da Cloudflare, um aviso de confirmação será exibido na página inicial do painel e controle. 

Após realizar todas essas configurações, você já terá acesso ao painel de administração da plataforma. 

Funcionalidades do painel de controle do cloudflare

Depois das configurações iniciais do Cloudflare gratuito, você já consegue fazer os ajustes que deseja na estrutura de sua página. 

Nesse espaço, pode-se acompanhar o desempenho da ferramenta, algo fundamental a longo prazo. As principais funcionalidades do painel de controle, são:

  • Overview;
  • Analytics;
  • DNS;
  • Crypto;
  • Firewall;
  • Access;
  • Speed;
  • Caching;
  • Workers;
  • Page rules;
  • Network;
  • Traffic.

Conheça as soluções em Cloud da SAN Internet e transforme os processos do seu negócio online!

Conclusão

Neste conteúdo, você viu o que é Cloudflare, suas aplicações, funcionalidades e como configurá-la em sua página. 

Essa solução vem contribuindo bastante para aprimorar a experiência do usuário em páginas web, independentemente da localização dos servidores no globo. Para experimentar seus recursos, pode criar uma conta gratuita na plataforma.